Auxílio Doença INSS 2019

Auxilio Doença INSS 2019: Como Funciona? Perícia, Afastamento

O Auxílio Doença INSS 2019 é um benefício previdenciário de seguridade social garantido á todos os brasileiros que contribuam para a previdência, em caso de enfermidade. Para receber o auxílio doença INSS 2019, é importante saber como fazer o requerimento do benefício e marcar a perícia do INSS.

Auxílio Doença INSS 2019
Auxílio Doença INSS 2019

O auxílio doença inss 2019 é um benefício pago à trabalhadores que contribuam com a Previdência Social, que estejam incapacitados de exercer suas funções por moléstia.

Além da questão da diminuição da desigualdade, os auxílios sociais, como o auxílio enfermidade INSS 2019 acabam sendo importantes também para que o trabalhador. Caso esse não tenha mais condições de trabalhar, por conta de um incidente ocorrido no antigo local de trabalho ou ainda por uma doença grave, possam se manter com uma condição de vida digna.

Confira ainda a Tabela INSS Atualizada 2019!


O que é o auxílio doença:

É um benefício pago para as pessoas que não apresentem condições de trabalhar:

  • Por acidente sofrido no ambiente de trabalho;
  • Ou por doença que o impeça de laborar.

Para requerer o auxílio doença 2019, será necessário que o trabalhador comprove a doença por perícia pela junta médica do INSS. Esta precisa comprovar que o trabalhador não possui condições de trabalho em decorrência de doença ou de acidente.

Auxílio doença 2019
Benefício INSS

O auxílio doença INSS poderá, assim como a aposentadoria por invalidez, ser destinado a trabalhadores com doenças graves que o impeçam de exercer as suas funções. Podemos citar, por exemplo, Câncer ou deficiência mental.

O benefício também é dado, como o próprio nome já diz, para as pessoas, as quais, sofram com algum tipo de doença grave, que as impeça de trabalhar, pode ser, por exemplo, mal de Parkinson ou ainda uma deficiência mental grave.

Veja Também:


Como solicitar o auxílio doença INSS

Pelas leis atuais, esse benefício somente pode ser solicitado pela empresa. Esta então abre um processo por meio do site do INSS, depois de quinze dias do afastamento do empregado.

Como encaminhar o auxílio Doença INSS 2019 pela Previdência:

  1. Acesse o portal do Dataprev por esse link;
  2. Digite o código da imagem e clique em prosseguir;

    Requerimento Auxílio Doença
    Requerimento
  3. Selecione o estado, município e data de agendamento;

    Agendamento auxílio Doença
    Agendamento
  4. Preencha seus dados pessoais e confirme.

    Requerimento Auxílio Doença
    Requerimento

Durante os primeiros 15 dias de afastamento, a empresa ainda deve arcar com os salários do funcionário doente ou machucado. Assim que o auxílio doença 2019 for liberado pelo Governo, a empresa se exime da obrigação de realizar qualquer tipo de pagamento. Essa função passa então a ser do INSS.

Para que esse requerimento seja aceito, o trabalhador machucado ou doente, passa por uma junta de médicos especialistas. Os peritos do INSS avaliam por meio de exames, consultas e outros métodos, se o trabalhador realmente não tem mais condições de exercer a sua atividade profissional ou se ele está apenas tentando enganar o INSS.


Quanto tempo dura o auxílio doença INSS?

DuraçãoA duração do auxílio doença não tem limite. O tempo desse benefício está diretamente relacionado ao tempo que durar a doença ou ainda a enfermidade física causada no trabalho.

Assim, se uma pessoa acaba sendo seriamente atingida no trabalho, impossibilitando-a de continuar trabalhando pelo resto da vida, ela receberá o benefício até o seu falecimento.


Valor do pagamento do auxílio doença

O valor que o Governo Federal paga aos segurados que possuem direito ao benefício é o mesmo que é pago a quem recebe salário mínimo. Nesse ano, o valor do Piso salarial é de R$ 954,00. O auxílio será pago todos os meses aos beneficiários desse direito social.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *