Pagar INSS 2019

Assim como em qualquer país democrático, no Brasil, existem alguns impostos específicos, os quais, toda a população tem que pagar, independente da faixa de renda que ela possui e de qual profissão exerce. Uns desses impostos clássicos, o qual, está na vida dos brasileiros todos os meses, é a cobrança do Instituo Nacional de Seguridade Social (INSS), que ajuda o Governo Federal a manter o pagamento dos aposentados em dia, sem precisar endividar ainda mais o caixa público, com esse tipo de ação. Para ter direito a esses benefícios, é necessário contribuir com a previdência Social – por isso vamos ensinar como pagar INSS autônomo.

Como pagar INSS 2019
Como pagar INSS 2019

Como Pagar INSS

Esse imposto acaba sendo tão importante, que para quem trabalha com carteira assinada, ele é descontado já em cima do salário bruto, não tendo nada que se possa fazer para evitar esse tipo de situação.

Agora, o pagamento do INSS 2019 pode ser feito de outras formas, para quem quer garantir a aposentadoria e os benefícios oferecidos pela Previdência Social, como por meio de boletos bancário, geridos por meio do sistema da guia de previdência social, também conhecida pela sigla GPS. Esse tipo de pagamento, por meio de um boleto bancário é feito em duas situações diversas, dependendo do que cada pessoa pretende.


Pagar INSS: desempregado

A primeira situação que uma pessoa pode fazer o pagamento do INSS por meio do boleto, é quando ela está desempregada ou tem o seu próprio negócio, mas, mesmo assim, quer contribuir com a Previdência, para assim garantir a aposentadoria.


Pagar INSS 2019 Autônomo

Já a segunda situação, na qual, o INSS acaba sendo pago por meio do boleto, é para quem trabalha como autônomo, freelancer ou home-office e não recebe um salário em carteira, ou seja, acaba recebendo diversos pagamentos por mês.

Para esse tipo de caso, se as pessoas quiserem contar com os benefícios da previdência social, sendo o principal deles, a aposentadoria pública, que apesar de ter um valor não tão alto, acaba ajudando bastante as pessoas quando elas se aposentam, é preciso fazer um cadastro por meio do site da Previdência e decidir qual a forma de pagamento.

  • Quem é autônomo, acaba tendo uma pequena vantagem, pois pode pagar o INSS a cada três meses, juntando todo o valor em uma única parcela.
  • Dessa maneira, é mais fácil se planejar e ter as finanças em dia, assim, tudo o que é preciso e retirar sua guia GPS, no meio do site da previdência social e realizar esse tipo de pagamento.
  • Outra opção dos autônomos para realizar esse pagamento do INSS, é fazer como todos os trabalhadores comuns, executando essa quitação mensalmente, por meio de boleto bancário.

Como Preencher a Guia do INSS

O preenchimento do Carnê do INSS pode ser feito de maneira bem simples e prática: basta ter em mãos o seu número do PIS – que está presente na carteira de trabalho.

Lembrando que o valor a ser pago para o INSS, acaba variando conforme o salário recebido ao final de cada mês. Já para quem é autônomo, esse cálculo de quanto se deve pagar já é realizado no próprio preenchimento dos dados, com dos valores ganhos mensalmente no site da previdência.

Veja também: 

Dessa maneira, não existe um risco de se pagar ao INSS, um valor maior do que o devido, já que ou se paga diretamente do salário bruto, já descontando na carteira de trabalho, pela própria empresa que você esteja, ou ainda, a própria guia GPS, gerada pelo site da Previdência Social, já gera o boleto com o valor correto a ser pago, para não ter nenhum tipo de confusão nesse sentido.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *